Dicas

14
nov
mapa de risco entenda como funciona

Mapa de Risco: Entenda como funciona e sua importância

Você já reparou em um mapa com o layout do local onde você trabalha dispostos em alguns locais na empresa? Ele se chama mapa de risco e é feito para representar os perigos presentes em seu ambiente de trabalho. Embora seja muito útil para evitar acidentes, se você não souber “ler” esse mapa direito, pode não entender o que ele quer passar. Por isso, vamos te mostrar como é a construção desse mapa e sua importância. Confira!

Importância do Mapa de Risco e suas funções

O mapa de risco é uma das maneiras mais simples e efetivas de informar os funcionários e visitantes sobre os riscos daquele local. Ele chegou ao Brasil logo no início da produção industrial, quando a taxa de acidentes cresceu, e perceberam a necessidade de criar um método preventivo para evitar novas ocorrências.

Se acaso você nunca tenha visto um desse na empresa onde trabalha, é porque provavelmente a CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) não tenha exigido sua elaboração. O mapa de risco tem presença obrigatória em organizações que possuem um determinado grau de risco ou uma quantidade específica de colaboradores estipulada pela CIPA para tal.

Identificando aos funcionários sobre os riscos em cada lugar também é uma forma de minimizar acidentes. Isso mantêm a todos informados além de aumentar a conscientização e por consequência, cria hábitos mais saudáveis no ambiente de trabalho.

A CIPA e a SESMT (Serviço Especializado em Engenharia de Segurança) trabalham em conjunto na elaboração do mapa de risco de acordo com a Norma Regulamentadora 5.

Agora, vejamos como entender de fato um mapa de risco:

Entenda o Mapa de Risco na prática

As cores presentes no mapa não são colocadas por mera estética, pois cada uma define um grupos de riscos e servem para memorização e identificação. Com base na planta do local, os perigos são definidos por nível de periculosidade, e para isso, usam-se círculos em diâmetros diferentes para diferenciação.

Grupo 1 — Riscos físicos

Cor de identificação: Verde

Diz respeito aos riscos referente a calor, pressões, frio, umidade, vibrações e radiação ionizante e não ionizante.

Grupo 2 — Riscos químicos

Cor de identificação: Vermelho

Relacionado a riscos com produtos químicos em geral, neblina, vapores, substâncias compostas, névoa, entre outros.

Grupo 3 — Riscos biológicos

Cor de identificação: Marrom

Pertencentes aos perigos que envolvem parasitas, bactérias, insetos, fungos e vírus.

Grupo 4 — Riscos ergonômicos

Cor de identificação: Amarela

Relativos aos esforços físicos intensos, trabalhos manuais pesados, longas cargas de serviço, repetitividade, monotonia, ritmo excessivo, posturas corporais inadequadas etc.

Grupo 5 — Riscos acidentes

Cor de identificação: Azul

Pertinentes aos perigos que envolvem chances de incêndios ou explosões, animais peçonhentos, iluminação inadequada, equipamentos e máquinas sem proteção, arranjo físico inadequado e outras situações com chances de terminar em acidentes.

Círculos: Intensidade dos riscos

Enquanto isso, as cores são representadas por círculos que identificam a intensidade do grau de risco presente no local, eles são representados por três círculos definidos em: pequeno, médio e grande.

mapa de risco local de trabalho

Reprodução: Site da Puc de Minas

Por exemplo, na imagem abaixo disponibilizada pela Puc de Minas, temos um círculo grande amarelo na sala, ou seja, existem grandes riscos ergonômicos aos colaboradores que trabalham neste ambiente.

mapa-de-risco

Reprodução: Site da Puc de Minas

O mapa deve ficar em um local visível para todos os funcionários da empresa, de forma que possam identificar os riscos nos quais estão sujeitos.

Gostou deste conteúdo? Nossa equipe se dedica a entregar as melhores informações para te deixar sempre bem informado. Compartilhe este artigo com seus colegas de trabalho e tomem cuidado quanto aos perigos nos quais estão sujeitos.

Enfim, se estiver precisando de EPI de qualidade para tornar seu trabalho mais eficiente e seguro conte com a gente, entre em contato e veja como podemos te ajudar. Até logo!

Últimos posts

14
nov

Conheça a NR 6: Os direitos e deveres sobre os EPI’s

Se você trabalha em uma empresa com riscos ocupacionais é provável que já tenha a rotina de usar os equipamentos de proteção individual que são indispensáveis para garantir sua segurança. Contudo, muitos desconhecem as diretrizes presentes na nr 6 que contém regras sobre uso, treinamento e fiscalização, por isso, veja agora o que diz esta […]

Continuar lendo

23
out

5 dicas de como fazer a bota de segurança durar mais

A bota de segurança é um dos itens indispensáveis para quem trabalha exposto a riscos ocupacionais. É de responsabilidade das empresas fornecerem esse equipamento em ótimo estado de conservação e, como rege a lei, elas precisam entregar e oferecer o treinamento de uso específico ao produto. Fica então, por conta do trabalhador conservar e usá-la […]

Continuar lendo

25
set

O que é a Linha Viva e quais são os seus equipamentos?

A Linha Viva é uma técnica desenvolvida nos Estados Unidos com o intuito de reduzir os acidentes que aconteciam com profissionais que trabalhavam em contato com a rede elétrica. Dessa forma, ela transformou o segmento, permitindo a realização de instalações e procedimentos em sistemas energizados de maneira mais segura. Para garantir isso, foram desenvolvidos os […]

Continuar lendo

12
set

Uniformes Profissionais: por que investir?

Não é novidade para ninguém que a imagem de uma empresa é representada pela sua equipe, ou seja, a forma como os colaboradores se apresentam diz muito sobre o negócio. Dependendo da área de atuação da sua companhia, uma ótima dica para aumentar a sua credibilidade é investir em uniformes profissionais. Sem dúvidas, uniformizar a […]

Continuar lendo

12
set

Guia definitivo sobre os Equipamentos de Proteção Individual (EPI’S)

Você sabe o que são os Equipamentos de Proteção Individual, os populares EPI’S? Presente no dia a dia de muitos profissionais, esses acessórios não são conhecidos plenamente por todo mundo. Com isso em mente, sesse artigo, trazemos um guia definitivo sobre a importância desses equipamentos para a segurança de profissionais de diferentes segmentos, como elétrico, […]

Continuar lendo