Dicas

14
nov
Conheça a nr 6

Conheça a NR 6: Os direitos e deveres sobre os EPI’s

Se você trabalha em uma empresa com riscos ocupacionais é provável que já tenha a rotina de usar os equipamentos de proteção individual que são indispensáveis para garantir sua segurança. Contudo, muitos desconhecem as diretrizes presentes na nr 6 que contém regras sobre uso, treinamento e fiscalização, por isso, veja agora o que diz esta norma!

Para que serve a norma 6

A fim de estabelecer regras para assegurar que todos os trabalhadores utilizem e armazenem seus EPI’s da maneira correta, o capítulo V da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) criou a NR 6. A Norma Regulamentadora 6 (NR6) exibe determinações que devem ser seguidas pelo contratante e contratado, sobretudo como forma de preservar a integridade dos equipamentos e a segurança dos empregados.

Por meio dela é que todos os envolvidos têm conhecimento sobre quais equipamentos devem usar, como conservá-los e como a empresa deve fiscalizar seu uso. A NR 6 sobretudo, previne acidentes e promove o uso adequado de todas as ferramentas.

Os funcionários que se recusarem a seguir as regras estabelecidas por ela podem sofrer advertências e punições, como prevê as informações do artigo 158 da CLT. É ainda obrigação da empresa, oferecer aos empregados, gratuitamente, todos os EPI’S adequados aos riscos nos quais estão estão dispostos a passar.

Principais diretrizes da NR 6

Antes de te mostrar as regras mais básicas de acordo com a norma regulamentadora 6 é importante que você entenda de fato o que é um EPI segundo a própria norma: “(…) considera-se Equipamento de Proteção Individual – EPI, todo dispositivo ou produto, de uso individual utilizado pelo trabalhador, destinado à proteção de riscos suscetíveis de ameaçar a segurança e a saúde no trabalho.”

Elas são divididas entre as responsabilidades da contratada e do contratante, veja:

Obrigações do empregador

Com relação aos deveres da empresa, devem ser exigidas as seguintes medidas:

  • Adquirir o equipamento adequado ao risco de cada atividade;
  • Exigir seu uso;
  • Fornecer ao trabalhador somente o aprovado pelo órgão nacional competente em matéria de segurança e saúde no trabalho;
  • Orientar e treinar o trabalhador sobre o uso adequado, guarda e conservação;
  • Substituir imediatamente, quando danificado ou extraviado;
  • Responsabilizar-se pela higienização e manutenção periódica; e,
  • Comunicar ao MTE qualquer irregularidade observada.

Obrigações do empregado

Agora, cabe ao trabalhador seguir, principalmente, as determinadas regras:

  • Usar, utilizando-o apenas para a finalidade a que se destina;
  • Responsabilizar-se pela guarda e conservação;
  • Comunicar ao empregador qualquer alteração que o torne impróprio para uso; e,
  • Cumprir as determinações do empregador sobre o uso adequado.

Quanto aos EPI’s a NR 6 afirma que sejam eles nacionais ou importados, só podem ser comercializados depois de passar por análise e receber o Certificado de Aprovação (CA), o que garante a qualidade do produto.

Como escolher um bom EPI?

Depois de identificados quais são os equipamentos essenciais ao seu ramo de trabalho, é preciso contar com ferramentas que cumpram com suas responsabilidades.

Na hora de escolher onde comprar cada equipamento, vale a pena reforçar sua atenção nos seguintes pontos:

  • Se certifique sobre a credibilidade da empresa;
  • Veja se ela tem outros clientes, isso demonstra confiabilidade no ramo;
  • Desconfie de preços muito abaixo da média;
  • Teste a qualidade dos produtos se possível.

Nós da MixSeg seguimos a risca os principais padrões de qualidade para entregar a você os melhores uniformes, ferramentas e toda a orientação necessária para garantir a proteção de sua equipe. Entre em contato e conheça nossos produtos profissionais!

Leia também



O que é Linha Viva

Últimos posts

13
maio

EPI e EPC para eletricista essenciais em qualquer atividade

Existem alguns acidentes que podem acometer qualquer tipo de profissional, especialmente aquele que não utiliza os equipamentos, ferramentas e procedimentos adequados. No entanto, os eletricistas estão no grupo com maior risco e, portanto, devem sempre estar equipados com EPIs e EPCs adequadas para reduzir as chances de que esses acidentes aconteçam. Nesse artigo, apresentamos os […]

Continuar lendo

20
maio

EPIs usados em padaria fundamentais para os trabalhadores

O consumo diário de pães é um hábito para muitas pessoas. Segundo estudo feito pela ABIP (Associação Brasileira de Indústrias de Panificação e Confeitaria), existiam mais 70 mil padarias em todo o país em 2018. Hoje, esse número já é muito maior e é necessário garantir que todos os funcionários desses estabelecimentos possuam sua saúde […]

Continuar lendo

26
maio

Entenda as Normas Regulamentadoras e sua importância

Existem alguns trabalhos que por si só já oferecem um grau mais alto de risco aos funcionários e isso é extremamente prejudicial não apenas ao trabalhador como também à própria empresa. Para evitar acidentes e prejuízos, surgiram as Normas Regulamentadoras, regras aplicadas à todas as empresas e que devem ser seguidas para o bem geral. […]

Continuar lendo

15
abr

EPIs de enfermagem essenciais aos profissionais

Os profissionais da área da saúde já estão acostumados com o uso dos Equipamentos de Proteção Individual, os EPIs, no seu dia a dia. Isso porque eles ficam constantemente expostos a diversos riscos que ameaçam tanto sua saúde quanto sua segurança. Eles são fundamentais para manter a integridade tanto dos médicos, enfermeiros e cuidadores como […]

Continuar lendo

08
abr

Entenda a NR 33 e as atividades em espaços confinados

É responsabilidade de todas as empresas e organizações garantir que os seus trabalhadores possuam as devidas condições de saúde, higiene e segurança para realizar suas atividades. Porém, aquelas que são realizadas em espaços confinados (como explicaremos mais à frente) merecem ainda mais atenção, segundo a NR 33. Nesse artigo, você entenderá o que é essa […]

Continuar lendo

25
mar

EPI e EPC: entenda as diferenças entre cada uma

Alguns serviços como mecânica, instalação e elétrica são bastante perigosos e é dever da empresa garantir a saúde e segurança desse colaborador. Portanto, para essas áreas de atuação, é necessário contar com o EPI e EPC. Você sabe qual é a diferença entre esses dois termos? Apresentaremos nesta matéria e também a importância de ambos […]

Continuar lendo

17
mar

CIPA: entenda a importância na segurança do trabalho

O Brasil está entre os países com maior número de ocorrências associadas ao emprego.  Segundo a Associação Nacional de Medicina do Trabalho (ANAMT), o país é o quarto no ranking mundial de acidentes do trabalho. Para isso, surgiu a CIPA, uma importante divisão em boa parte das empresas quando falamos em Segurança do Trabalho. Nesse […]

Continuar lendo

28
fev

NR 24: você sabe o que essa norma regulamentadora diz?

Se você acompanha ao nosso blog, já percebeu que as normas regulamentadoras (NR) são muito importantes para garantir o bem-estar e a integridade de todos os colaboradores em ambiente de trabalho. Por exemplo, já te explicamos sobre por que você deve se atentar a NR 6 e também por que seguir as diretrizes da NR […]

Continuar lendo